Dicas Suporte

Adicione portabilidade numérica no seu Lyric em três cliques

Adicione portabilidade numérica no seu Lyric em três cliques

2 minutos Você que já possui ou deseja adquirir um Gateway GSM Lyric também pode utilizar o serviço nativo de consulta a portabilidade numérica ATI. O Lyric possui como vantagem contar com uma tabela interna de prefixos, possibilitando encaminhar automaticamente as chamadas para a operadora proprietária desta faixa de prefixos. Porém, isso não se aplica a números portados, já que estes não possuem mais relação com faixas de prefixos. Para evitar gastos com chamadas encaminhadas pela operadora incorreta o Lyric utiliza o serviço de Continue lendo

Integre sua Central Intelbras CIP 850 a Consulta da Portabilidade Numérica

Integre sua Central Intelbras CIP 850 a Consulta da Portabilidade Numérica

3 minutos No mês de Maio a SIPPulse em parceria com a Intelbras homologaram a Central CIP 850 (e CIP 92200) para realizar consultas a portabilidade numérica ATI. As novas versões de Firmware já possuem a possibilidade de efetuar as configurações para integrar a central ao ATI. Se você já possui uma Central CIP 850 ative o serviço ATI e reduza seus custos telefonia em até 80%. Caso ainda não tenha entre em contato com a Intelbras e veja as vantagens da CIP 850 Continue lendo

Códigos de área (DDD), prefixos e números especiais: Conheça mais…

Códigos de área (DDD), prefixos e números especiais: Conheça mais…

5 minutos Devido ao constante aumento de linhas telefônicas, criou-se a necessidade de adotar alguns padrões, tanto para aumentar a quantidade de combinações numéricas quanto para identificar mais facilmente algumas informações telefônicas. No Brasil o órgão responsável por padronizar a numeração de telefonia é a Anatel. E como exemplo das informações que podemos identificar apenas analisando estes padrões estabelecidos, podemos citar: identificar a área geográfica ao qual um número pertence, descobrir a operadora portadora desse número (quando não portado), identificar o tipo de ligação Continue lendo

Configurando Rotas no Elastix

Configurando Rotas no Elastix

4 minutos O Elastix é uma coleção de softwares e ferramentas Open Source reunidas em conjunto, que constitui um poderoso e prático PBX IP. Implementado corretamente, o Elastix pode interagir com outros produtos e sistemas. Neste artigo vamos conhecer os componentes do Elastix e a criação das rotas Os principais componentes do Elastix são: Sistema Operacional Linux CentOS; Asterisk, core da interface PBX no Elastix; Reports System, sistema fornece relatórios de CDR; FreePBX, interface web para ferramentas do Elastix; Controle aplicações de Conferência;

O que é um Gateway? Uma visão geral

O que é um Gateway? Uma visão geral

2 minutos Um elemento muito utilizado em redes de operadoras de telefonia IP (VoIP) é o gateway. Mas, a final, o que é um gateway? Tradicionalmente, quando falamos em gateways no mundo das telecomunicações, estamos nos referindo a equipamentos intermediários, que fazem a interconexão de redes de computadores distintas além de fazer a tradução dos protocolos utilizados nessas redes. Mas como funciona um gateway neste mundo? para que serve? como são utilizados?

Configurando seu FreeSWITCH para consulta a portabilidade com ATI

Configurando seu FreeSWITCH para consulta a portabilidade com ATI

4 minutos O FreeSWITCH é um softswitch de código aberto lançado em 2008 como alternativa ao uso do Asterisk, tendo suporte aos principais protocolos utilizados em telefonia IP (VoIP), incluindo o SIP. O serviço de consulta à operadora do SIP Pulse, ATI (conheça mais), também funciona sobre o protocolo SIP, portanto a integração do FreeSWITCH com o serviço de consulta a portabilidade é perfeitamente possível. Neste artigo veremos como realizar esta integração. Para o FreeSWITCH, o ATI nada mais é do que um gateway Continue lendo

Chamada VOIP com servidor SIP Redirect: Entenda como funciona este modelo

Chamada VOIP com servidor SIP Redirect: Entenda como funciona este modelo

4 minutos Na postagem Entenda como funciona um diálogo SIP foi abordado um ambiente em que o servidor SIP funciona como um Proxy Server, o qual recebe as requisições de chamada, faz o processamento necessário para encontrar o destino correto e encaminha esta requisição. Neste post vamos abordar um outro modo de funcionamento de um servidor SIP, o modo Redirect Server (SIP Redirect). No modo Redirect Server, ao receber uma requisição de nova chamada de um usuário do cadastrado, o servidor SIP faz o Continue lendo

Bilhete Duplicado: Configure corretamente seu PABX

Bilhete Duplicado: Configure corretamente seu PABX

5 minutos Umas das questões que recebemos frequentemente por e-mail, são dúvidas referentes a bilhetagem duplicada (dois registros para a mesma chamada), dessa forma, elaboramos este artigo com algumas dicas de como resolver e configurar corretamente seu PABX. O sistema de Consulta a Portabilidade ATI (conheça mais) opera puramente em SIP, portanto, para realizar a consulta o PABX realiza uma “chamada” para o ATI com o número que deseja consultar e o ATI responde com o código RN1 da operadora deste número. O PABX Continue lendo

Chamadas Presas: Evite transtornos aos seus clientes

Chamadas Presas: Evite transtornos aos seus clientes

5 minutos Um dos maiores transtornos enfrentados pelas Operadoras de Telefonia IP que atendem diretamente Call Centers Ativos, que trabalham com discadores, são as denominadas “Chamadas Presas” ou “Ligações Presas”. Chamadas Presas são as chamadas que o sistema de telefonia não identifica quando a mesma foi encerrada. Um dos motivos para que essa identificação não seja feita é provavelmente por falta de sinalização de desligamento (BYE, em SIP), portanto, como o sistema não foi sinalizado que a chamada foi encerrada, ela continua em aberto Continue lendo

Protocolo SIP: Entenda como funciona uma ligação VoIP

Protocolo SIP: Entenda como funciona uma ligação VoIP

4 minutos As ligações VOIP, assim como qualquer informação que trafega na Internet, também se baseiam em tráfego de pacotes que utilizam um protocolo (regras que regulamentam a comunicação entre duas máquinas). O protocolo utilizado nas ligações VOIP pode ser SIP, IAX, h.323, MGCP, XMPP, ou outros, porém, atualmente o protocolo SIP tem sido melhor aceito pelas empresas de telecom tendo uma boa difusão no mercado de telefonia. Hoje falaremos um pouco sobre o funcionamento deste protocolo e abordaremos diálogo SIP com um servidor Continue lendo